TEATRO EM FRANCES: QUANDO O MEIO NAO E A MENSAGEM

Código: 315
R$ 50,00
Editora : Ufpr
O teatro francês, mais especificamente a sua dramaturgia, está associado à fundação da língua francesa no Absolutismo. Esse idioma, que durante alguns séculos pavimentou diversos discursos fazendo sua volta ao mundo, foi e continua sendo hoje objeto de uma política de estado. A ideia de uma “literatura-mundo” em francês, manifesta desde 2007 por diversos intelectuais, defende uma noção expandida dessa língua que ultrapasse as fronteiras do hexágono tricolor. Assim, os textos aqui reunidos abordam a trajetória do francês por meio da linguagem dramática e teatral, explorando a forma como esse idioma ganhou tamanha ressonância. Devido à circulação e à difusão de uma cultura teatral e de seus valores, que remontam ao imaginário do classicismo, a língua acabou por engravidar, em tempos de diáspora e globalização, uma fala polissêmica, mediada por novas ideologias e identidades. Este livro enfeixa estudos sobre o pensamento criativo de Aimé Césaire, Armand Gatti, Augusto Boal, Eugène Ionesco, Jean-Louis Barrault, Jean-Luc Lagarce, Joël Pommerat, Koffi Kwahulé, Louis Jouvet, Machado de Assis, Nelson Rodrigues, Noëlle Renaude, Philippe Minyana, Robert Lepage, Sony Labou Tansi, Stéphane Mallarmé, Valère Novarina, em consonância com elementos da cultura teatral brasileira e francesa. Walter Lima Torres Neto Organizador

ISBN:

9788584801107

Ano de Publicação:

2018

Edição:

1

Formato:

21,00 x 15,50 x 2,00cm

Nº Paginas:

250p

Peso:

352gr