ESCRITURAS DA VIOLÊNCIA NA LITERATURA LATINO-AMERICANA

Código: 433
R$ 40,00
Esta publicação reúne ensaios e artigos em português e espanhol que têm como foco as representações da violência na literatura latino-americana. Hannah Arendt (Sobre a violência, 2011) esclarece que a violência decorre da ausência da autoridade, que exacerba o que há de mais instintivo no homem, e se faz presente desde os primórdios da história humana. Há no ser humano a busca constante pelo domínio sobre outros homens e sobre as coisas; todavia, quando não há controle sobre tal ânsia de poder de dominação, gera-se violência. Por outro lado, alguém sempre está ganhando poder com o descontrole e a violência de outros. Existe, por parte da crítica literária, uma necessidade de não restringir os estudos sobre a violência na literatura a debates que relacionam esse tema a determinados eventos históricos. Há uma discussão que merece ser ampliada e que trata de sua presença no cotidiano das relações humanas representadas nas produções literárias latino-americanas e de como tais textos literários a problematizam – o que implica discutir a forma como os autores têm se posicionado em termos estético-sociais: se através de uma perspectiva crítica de enfrentamento da prática violenta ou de uma postura passiva diante desta. Os organizadores

ISBN:

9786587448411

Edição:

1

Formato:

23,00 x 17,00 x 3,00cm

Nº Paginas:

285p

Peso:

450gr